Novidades

09/03/2015 - Um livro e algumas histórias das Tatuiras

Há algum tempo, a escritora Alana Trauczynski fez a gentileza de indicar a Tatuira Petisqueira de Canto Grande em um jornal de grande circulação no estado. “É um dos melhores lugares do mundo para passar um final de tarde tomando uma cervejinha geladíssima ou um frozen de hortelã. As mesas ficam na areia e o pôr do sol é na lateral direita, sempre um espetáculo à parte. A melhor pedida é a Lula do Loy, feita com semente de mostarda e especiarias. Top!”, disse ela.


Alana é catarinense, autora do livro Recalculando a Rota. Nele, conta sua trajetória de vida com muito bom humor, falando das dificuldades e de como aprendeu com elas. De quebra, ela ainda conta um monte de coisa legal sobre várias partes do mundo, viagens e trabalhos que fizeram parte desta jornada. Entre eles, Las Vegas, Cidade do México, Barcelona, Londres...


Achamos muito legal que a Alana tenha indicado a Tatuira Petisqueira entre os seus locais preferidos, já que muita gente recalculou a rota por causa da Casa. Vamos explicar melhor. A história da Tatuira começou quando o proprietário, Luiz Otávio Lustosa, o Loy, conheceu a Susan Müller, hoje sua esposa. Foi para conquistá-la que ele aprendeu a cozinhar e a Susan deu a maior força para que ele abrisse um restaurante.


No livro, a Alana fala muito sobre seguir a sua intuição. O Loy, que é formado em comércio exterior, e a Susan, que é formada em farmácia e especialista em terapias florais, fizeram isto. Mas a Tatuira não fez parte só da mudança de rota do Loy e da Susan. Os filhos do Loy, André e Bruno, começaram a ajudar no atendimento e em outras funções da Tatuira no início das atividades, lá em 2005. O mesmo aconteceu com a Kriscia, filha da Susan.


A Kriscia, que não gostava muito de cozinhar, passou os primeiros tempos no caixa. Mas não demorou muito para que ela começasse a se interessar pelos temperos e as técnicas. A faculdade de naturologia ficou para trás e ela passou a cursar gastronomia. E aí vem de novo algo que a Alana fala no livro: encontrar um trabalho que lhe dê prazer. Ainda na faculdade, a Kriscia ganhou um concurso e teve a oportunidade de estudar na renomada Le Cordon Bleu Paris e fez estágio no Le Divellec, restaurante estrelado no Guia Michelin. Hoje, ela é responsável por muitas das receitas da Tatuira Canto Grande.


O Bruno e o André também se formaram em gastronomia, deixando outros cursos para trás e hoje comandam a Tatuira Porto Belo. Todos encontraram uma maneira de serem úteis ao mundo e fazendo o que gostam! O Recalculando a Rota tem mesmo tudo a ver com a Tatuira né?


Ah, quer saber mais sobre o livro e o trabalho da Alana? Clica aqui!